Herpes-Zoster: previna-se com a vacina Shingrix

Vacina Shingrix para combater o Herpes-Zoster

Herpes-Zoster: previna-se com a vacina Shingrix

Para prevenção de Herpes-Zoster em adultos com 50 anos ou mais ou imunossuprimidos com mais de 18 anos, recomenda-se duas doses da vacina Shingrix (GSK) com intervalo de dois meses.

99% das pessoas saudáveis, com 50 anos ou mais, já têm o vírus do herpes-zoster dentro delas. E uma em cada três pessoas terá herpes-zoster ao longo da vida.

Popularmente conhecida como “cobreiro”, essa doença é causada pelo vírus varicela-zoster.

Trata-se de uma manifestação tardia de quem teve catapora (ou varicela), independente de quando ocorreu, mas geralmente na infância. E depois de passar o quadro clínico, o vírus varicela-zoster fica como se tivesse adormecido em uma terminação nervosa.

Em algum momento mais tarde, nos idosos ou em pessoas com comprometimento imunológico, ele desperta. Portanto, sem catapora não há Herpes-Zoster.

A doença pode levar a complicações e outras formas clínicas graves, inclusive, a óbito.

Sintomas

Dentre os sintomas, podemos destacar:

  • Ardor e coceiras locais.
  • Dores nevrálgicas.
  • Parestesias (formigamento, agulhadas, adormecimento e pressão).
  • Febre.
  • Dor de cabeça.
  • Mal-estar.
Diagnóstico

O diagnóstico é facilmente realizado porque as lesões acometem a terminação nervosa.

Tratamento

Quanto mais cedo for realizado o diagnóstico, melhor é a resposta ao tratamento. Em geral, usam-se antivirais. Também podem ser administrados antitérmicos, analgésicos não salicilatos e anti-histamínicos.

Prevenção
  • Para prevenção de Herpes-Zoster em adultos com 50 anos ou mais ou imunossuprimidos com mais de 18 anos, a vacina revelou eficácia contra o vírus  de 90% e a neuralgia pós-herpética (NPH)*. O programa de prevenção consiste em duas doses com intervalo de dois meses. Os pacientes eletivos com história de infecção anterior precisam aguardar 6 meses da última crise para começar o programa de imunização.
  • Vacinação para catapora quando se é criança, adolescente ou adulto.
  • Lavar as mãos, após tocar nas lesões.
  • Isolamento: crianças com varicela não complicada só devem retornar à escola após todas as lesões terem evoluído para crostas. Crianças imunodeprimidas ou que apresentam curso clínico prolongado só deverão retornar às atividades após o término da erupção vesicular.
(*) A neuralgia pósherpética (NPH) é a complicação mais frequente do herpes-zoster, caracterizando-se pela presença de dor tipo neuropática de distribuição dermatômica, após manifestação prévia de um quadro agudo de herpes-zoster, geralmente um mês depois do surgimento das vesículas.
A Genoa/LPCM oferece a vacina Shingrix

Você encontra a vacina contra a Herpes-Zoster (Shingrix, GSK) produzida com tecnologia de DNA recombinante na Genoa/LPCM. Também temos outros tipos de vacinas. Para conhecer o nosso portfólio, clique aqui.

Agende: (11) 3135-6880 ou (11) 96318-8021.

Proteja-se agora! Cuide-se! Vacine-se contra Herpes-Zoster!



 

Agendar

 

 

Exames

 

Para agendar seus exames, entre em

contato conosco na Grande São Paulo

(011) 3135-6880 ou (011) 3135-6920

 

 

Horário de Atendimento:

Todos os dias das 7h às 19h