Câncer de Mama e Ovário Hereditários

Exame genético para câncer de mama e ovário hereditário.

 

Neste ano de 2020, o número estimado de novos casos de câncer de mama é superior a 60 mil. De fato, muito destes casos ocorrem em famílias com histórico de câncer de mama e ovário, o que aumenta o risco de câncer hereditário. BRCA1 e BRCA2 são os genes com maior sensibilidade (até 84%, conforme a etnia) na identificação destas famílias, sendo os mais frequentemente analisados.

 

 

Nesse sentido, a identificação das mutações clinicamente relevantes e suas incidências são depositadas no banco de dados BIC (Breast Cancer Information Core), do National Human Genome Research Institute (NIH).

Quem deve fazer exame genético para câncer de mama

 

Pacientes com histórico pessoal (tumor antes dos 50 anos) e familiar sugerem a possibilidade de HBOC. Por isso, devem ser submetidos ao exame genético BRCA1 BRCA2 através do sequenciamento dos genes.

 

Os  relatórios explicativos do sequenciamento e análise de inserção/deleção de exons por MLPA fornecem uma descrição das mutações encontradas. Para as mutações clinicamente relevantes, incluímos o número de vezes que as mesmas foram previamente encontradas no Breast Cancer Information Core (BIC), um banco de dados que coleta mutações humanas e SNPs (polimorfismos nos genes) de tumores da mama e promovido pelo National Human Genome Research Institute, NIH.

 

O laboratório fornece aos pacientes um kit para coleta de amostras de DNA a partir da saliva, de maneira rápida e não invasiva. Assim, para receber o kit entre em contato conosco pelo telefone acima ou pelo e-mail atendimento.operadora@genoabiotec.com.br.

 

Portanto, nosso objetivo é prover tecnologia molecular para a comunidade médica com ótimo custo efetivo, bem como prazos de processamento dentro das urgências necessárias na rotina médica. A Genoa/LPCM oferece os testes de BRCA1 e BRCA2 em diferentes formatos conforme a necessidade do médico.

Entre em Contato